A ATUAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL: CORRELAÇÕES DE FORÇAS NA SAÚDE

  • Célia Maria Grandini Albiero UFT
  • Rogério Silva Leite UFT

Resumo

O objetivo deste trabalho é elencar as dificuldades postas ao agir profissional do Assistente Social diante das correlações de forças existentes no âmbito da saúde pública brasileira. A metodologia utilizada envolveu a pesquisa bibliográfica. O Serviço Social e a Política de Saúde brasileira perpassaram no decorrer de seu processo histórico por diversas dificuldades, as quais serviram como propulsor para alcançarmos as atuais conquistas, tais como: o Projeto Ético Político do Serviço Social e o SUS, respectivamente. São diversas as expressões/manifestações da questão social e as correlações de forças postas à atuação do assistente social no âmbito da saúde. O profissional deve seguir os princípios éticos da profissão, atuando na busca pela efetivação dos direitos sociais dos usuários.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Graduada em Serviço Social, mestre e doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é Professora Associada I da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Líder e pesquisadora do Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Serviço Social, Formação e Exercício Profissional (GEPESSFEP) desde 2008.

##submission.authorWithAffiliation##

Graduado em Serviço Social pela Universidade Federal do Tocantins (2015). Especialista em Saúde Pública pela Universidade Federal do Tocantins (2017). Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Serviço Social, Formação e Exercício Profissional (GEPESSFEP-UFT) desde 2016.

Referências

ALVES, C. C; DAMIÃO, V. A. N.; MAFRA, L. A. S.. A Correlação de Farças entre o Estado e a Sociedade Civil: estudo de caso do Conselho de Assistência Social de um município Sul-Mineiro. III Simpósio Mineiro de Assistentes Sociais. Belo horizonte – MG, 2013.

ARAÚJO, E. C. de; CECÍLIO, L. C. de O.; REIS, D. O.. Políticas públicas de saúde: Sistema Único de Saúde. UNA-SUS | UNIFESP. 2011. Disponível em: https://www.unasus.unifesp.br/biblioteca_virtual/esf/2/unidades_conteudos/unidade04/unidade04.pdf. Acesso em: 19 de outubro de 2017.

BATISTA, F. E. B; SOUSA, R. da C.. Política Pública de Saúde no Brasil: História e Perspectivas do Sistema Único de Saúde - SUS. VII CONNEPI – Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação. Palmas – TO, 2012.

BRASIL. Lei n° 8.662, de 7 de junho de 1993. Código de Ética do/a Assistente Social. Disponível em: http://www.cfess.org.br/arquivos/CEP2011_CFESS.pdf, acesso em: 21 de outubro de 2017.

______. Lei nº. 8080/90, de 19 de setembro de 1990. Brasília: DF. 1990. Disponível em: http://www.editorasolucao.com.br/media/materialcomplementar/guiadoconcurso/UNCISAL/09-leis-8080-8142+LC-141+9394.leg.pdf. Acesso em: 20 de outubro de 2017.

______. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988. 292 p.

BRAVO, M. I. S.; MATOS, M. C.. Reforma Sanitária e Projeto Ético-Político do Serviço Social: elementos para o debate. In: BRAVO, M. I. S. et al. (orgs). Saúde e Serviço Social. São Paulo: Cortez, 2004.

CARVALHO, A. C. P; OLIVEIRA, M. N. de O.. O SERVIÇO SOCIAL NA ÁREA DA SAÚDE: desvendando o emergencialismo e o imediatismo. Congresso Catarinense de Assistentes Sociais. Florianópolis – SC, 2013.

CFESS. Parâmetros para Atuação de Assistentes Socais na Política de Saúde. Brasília, 2010. Disponível em: http://www.cfess.org.br/arquivos/Parametros_para_a_Atuacao_de_Assistentes_Sociais_na_Saude.pdf. Acesso em 21 de outubro de 2017.

FALEIROS, V. de P.. Estratégias em Serviço Social. São Paulo, Cortez, 2008.

GUERRA, Y.. O Serviço Social na divisão sociotécnica do trabalho: resultado de múltiplas determinações. In: BACKX, S.; GUERRA, Y.; SANTOS, C. M. dos. A dimensão técnico-operativa no Serviço Social: desafios contemporâneos. Juís de Fora: Editora UFJF. 2012.

IAMAMOTO, M. V.. Os espaços sócio-ocupacionais do assistente social Marilda: Direitos Sociais e Competências Profissionais. Brasília-DF, CEFESS/ABEPSS, 2009.

______.O Serviço Social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. São Paulo, Cortez, 2005.

IAMAMOTO, M. V.; CARVALHO, R. de. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil: esboço de uma interpretação histórico-metodológica. São Paulo, Cortez, 2009.

LIMA, T. C. S. de; MIOTO, R. C. T.. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. IN: Revista katálysis. Florianópolis v. 10 n. esp. p. 37-45, 2007.

PAULO NETTO, J.. Ditadura e Serviço Social: uma análise do Serviço Social no Brasil pós-64. 12ª Ed. São Paulo, Cortez, 2008.

______.Introdução ao estudo do método em Marx. 1ª Ed., São Paulo, Expressão Popular, 2011.
Publicado
2018-10-14
Como Citar
ALBIERO, Célia Maria Grandini; LEITE, Rogério Silva. A ATUAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL: CORRELAÇÕES DE FORÇAS NA SAÚDE. Multidebates, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 56-68, out. 2018. ISSN 2594-4568. Disponível em: <http://www.faculdadeitop.edu.br/revista/index.php/revista/article/view/108>. Acesso em: 17 nov. 2018.
Seção
Artigos