A INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR

  • Alderise Pereira Quixabeira Universidade Federal do Tocantins
  • Daniela Brito Teixeira Universidade Federal do Tocantins
  • Leandro Costa Fernandes Universidade Federal do Tocantins
  • Ruhena Kelber Abrão Universidade Federal do Tocantins

Resumo

Este estudo propõe uma reflexão acerca da inclusão de crianças com deficiência física na Educação Física Escolar. O mesmo tem como questão norteadora o seguinte questionamento: A formação acadêmica viabiliza conhecimentos necessários para atuar na Educação Física Adaptada? O objetivo geral da pesquisa consiste em “analisar como os docentes de Educação Física vem realizando suas atividades para acolher as demandas de inclusão dos alunos com deficiência física. Objetivando especificamente:  1- descrever um breve histórico da Educação Especial, buscando compreender os fatos que influenciaram na prática do cotidiano escolar e as conquistas alcançadas pelas pessoas que apresentam necessidades educacionais especiais;2- discutir acerca da formação dos professores e os conhecimentos relativos à Educação Física adaptada 3- discorrer sobre as necessidades teóricas metodológicas para a atuação na Educação Física Adaptada. A metodologia utilizada foi qualitativa sendo utilizada a técnica bibliográfica. O referencial teórico utilizado é pautado nos estudos de Falkenbach et al (2014); Kassar (2005); Aguiar (2002); Miranda (2003); LDB (2003); Fonseca e Silva (2010), Brito e Lima (2012); Mantoan (2003) dentre outros que discutem acerca do assunto em questão.

Referências

AGUIAR, J. S. O Jogo no Ensino de Conceitos a Pessoas com Problemas de Aprendizagem: Uma Proposta Metodológica de Ensino. (Pesquisa de Pós-Doutorado em Educação Especial) –, São Carlos, 2002.
BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, 1996.
BRITO, R. A. e LIMA, J. F.. Educação Física adaptada e inclusão: Desafios encontrados pelos professores de educação física no trabalho com alunos com deficiência. Licenciado em Educação Física pela UCSAL, Mestre pela UFMG, Professor da UNIJORGE – 2012. Acesso em: < http://revistas.unijorge.edu.br/corpomovimentosaude/pdf/artigo2012_1_artigo1_12.pdf > Acesso em 22 Dez. 2017.
CERVO, A. L; BERVIAN, P. A; DA SILVA, R. Metodologia cientifica. 6 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.
CIDADE, R, E, FREITAS, P, S. Educação Física e Inclusão: considerações para a prática pedagógica na escola. Revista Integração. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Ano14. Edição especial 2002.
DIEHL, R. M. Jogando com as diferenças: jogos para crianças e jovens com deficiência. São Paulo: Phorte, 2006.
FALKENBACH, Atos Prinz et al A inclusão de crianças com necessidades especiais nas aulas de Educação Física na educação infantil. Porto Alegre, RS-2014. Disponível em:< www.seer.ufrgs.br/Movimento/article/download/3544/1946 > Acesso em 21 Dez. 2017.
FONSECA, M. P. de S. da. e SILVA, A. P. da. Pesquisando a temática inclusão na formação inicial de professores de Educação Física. Revista Digital - Buenos Aires - Ano 14 - Nº 141 - 2010. Disponível em: Acesso em 20 dez. 2017.
KASSAR, M. C. M. Matrículas de crianças com necessidades educacionais especiais na rede de ensino regular: do que e de quem se fala? In : GÓES, M. C. R.; LAPLANE, A. L. F. Políticas e práticas de educação inclusiva. Campinas, SP: Autores Associados, 2005.
MANTOAN, M. T. E. Inclusão Escolar: O que é? Por quê? Como fazer? Editora Moderna 2003.
MIRANDA, A. A. História, deficiência e educação especial. Reflexões desenvolvidas na tese de doutorado: a prática pedagógica do professor de alunos com deficiência mental, UNIMEP, 2003. Material impresso.
Publicado
2018-10-14
Como Citar
QUIXABEIRA, Alderise Pereira et al. A INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR. Multidebates, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 270-281, out. 2018. ISSN 2594-4568. Disponível em: <http://www.faculdadeitop.edu.br/revista/index.php/revista/article/view/110>. Acesso em: 17 nov. 2018.
Seção
Artigos