O ENSINO MÉDIO E O ENEM COMO POLÍTICA PÚBLICA DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

  • Klayton Lima Calvante Carvalho Faculdade ITOP, Programa Profissional de Pós-Graduação em Educação - PPPGE - UFT

Resumo

A educação no Brasil, segundo a Constituição Federal e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), deve ser gerida e organizada separadamente por cada nível de governo. A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios devem gerir e organizar seus respectivos sistemas de ensino. A reestruturação do Ensino Médio levou as instituições a uma maior autonomia com a opção do uso do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em seus processos seletivos com o proposito de democratizar o acesso ao ensino superior. Este trabalho busca analisar a história do Ensino Médio no Brasil, desde 1961 aos dias de hoje, evidenciando as políticas de acesso ao Ensino Superior. A metodologia adotada partiu de uma abordagem qualitativa, tendo como procedimentos a análise de conteúdos que sustentam a reforma do ensino médio e o ENEM. A análise foi desenvolvida tomando como referências algumas leis e baseando-se nas ideias de Andriola (2011), Bianchetti (2005), Bucci (2006), Brasil (1996, 2000 e 2013), Carvalho (2012),Cunha (2000), Saul (2010) dentre outros. Tem-se que as políticas públicas como e o caso do ENEM, não solucionará os problemas estruturais das instituições como a falta de vagas para todos os inscritos entre outros problemas.

Referências

ANDRIOLA, W. B. Doze motivos favoráveis à adoção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pelas Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes). Ensaio: avaliação e políticas públicas em Educação. [online]. 2011, vol.19, n.70, p. 107-125.

BIANCHETTI, Roberto G. Modelo neoliberal e políticas educacionais. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2005. (Coleção Questões da Nossa Época, v. 56).

BUCCI, M. P. Dallari. O conceito de política pública em direito. In: BUCCI, Maria Paula Dallari. Políticas públicas: reflexões para um conceito jurídico. São Paulo: Saraiva, 2006. p. 39.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2000.

________. Lei de Diretrizes e Bases da Educação - LDB (Lei 9.394/1996). 1996. Redação alterada pela Lei nº 12.796, de 2013; Lei nº 11.684, de 2008.

________. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013.

CARVALHO, A. A. Perfil sócio cultural e escolar de jovens rurbanos com curso superior: exalunos da Escola Estadual do distrito de Mercês de Água Limpa – Minas Gerais. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de São João del-Rei. São João del-Rei, 2012.

CUNHA, Luiz Antônio. Ensino Superior e universidade no Brasil. In: LOPES, Eliane Marta Teixeira. 500 anos de Educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

CHAUÍ, Marilena de Souza. Escritos sobre a universidade. São Paulo. Editora UNESP, 2001.

FRANCO, C. & BONAMINO, A. Iniciativas recentes de avaliação da qualidade da educação no Brasil. In: FRANCO, Creso (Org.). Avaliação, ciclos e promoção na educação. Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.

GOMES, N. L. Ensino médio: praticas pedagógicas que reconheçam e respeitem a diversidade. ANAIS DO I SEMINÁRIO NACIONAL: CURRÍCULO EM MOVIMENTO – Perspectivas Atuais Belo Horizonte, novembro de 2010. Disponível em: . Acesso em: 05 ago. 2018.

KUENZER, Acácia Zenaide. Ensino Médio e Profissional: as políticas de um Estado neoliberal. 5 Ed. São Paulo: Cortez, 1990.

LIBÂNEO, José Carlos. Entrevista: Perspectivas de uma Pedagogia. IN: Revista Pensar a Prática 1:1-21,jan./jun.1998.

MOEHLECKE, Sabrina. O ensino médio e as novas diretrizes curriculares nacionais. Revista Brasileira de Educação, v.17, n.49, p.39-58, 2012.

MOREIRA, Verônica Lima Carneiro. Impactos do ENEM sobre o trabalho docente no ensino médio. Curitiba: CRV, 2014.

NEVES, Lúcia Maria Wanderley. Educação e política no Brasil de hoje. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1999.

PORTES, E. A. Trajetórias e estratégias escolares do universitário das camadas populares. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 1993.

RAMALHO, Betãnia Leite; NÚÑEZ, Isauro Beltrán (Orgs.). Aprendendo com o ENEM. Reflexões para melhor se pensar o ensino e a aprendizagem das ciências
naturais e matemática. Brasília: Líber Livro, 2011.

SAUL, Ana Maria. Avaliação emancipatória: desafio a teoria e a pratica de avaliação e reformulação de currículo. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2010.
Publicado
2018-10-14
Como Citar
CARVALHO, Klayton Lima Calvante. O ENSINO MÉDIO E O ENEM COMO POLÍTICA PÚBLICA DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR. Multidebates, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 245-255, out. 2018. ISSN 2594-4568. Disponível em: <http://www.faculdadeitop.edu.br/revista/index.php/revista/article/view/120>. Acesso em: 17 nov. 2018.
Seção
Artigos