A CONSTRUÇÃO HISTÓRICA DO SERVIÇO SOCIAL NO BRASIL E SUA REALIDADE NO ESTADO DO TOCANTINS

  • Denia Tranqueira Silva PROIC/ITOP
  • Alcides do Nascimento Moreira Faculdade ITOP, Unitins

Resumo

O presente artigo é resultado de uma pesquisa bibliográfica realizada sobre a construção histórica do serviço social no Brasil e sua realidade no estado do Tocantins Essa investigação teve como objetivo Compreender o processo histórico do Serviço Social no Brasil: de sua criação e implantação, bem como a situação atual no Estado do Tocantins. Utilizou-se uma abordagem qualitativa para a realização dessa pesquisa.  Os resultados foram descritos com base em autores e pesquisadores sobre o tema, tais como: Bogdan, Biklen, Faleiros, Iamamoto, Martinelli, Pimentel e Yazbek, entre outros, formaram o corpo teórico para o desenvolvimento deste trabalho. Partido do princípio que a produção do conhecimento científico é indispensável para possibilitar aos profissionais de suas respectivas áreas apropriarem-se de habilidades e competências ancoradas no bojo teórico e prático, inerentes às atividades, ligadas diretamente ao campo de exercício profissional. Neste sentido os conhecimentos construídos por meio desta pesquisa constataram que o processo histórico na área profissional do Serviço Social, é indispensável uma vez que se apresenta de forma consistente como produto da investigação científica, ratificando o processo histórico em que a profissão foi se consolidando por meio da luta aguerrida dos Assistentes Sociais.

Referências

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação. Porto: Porto Editora, 1998.

CASTRO, Manuel Manrique. História do serviço social na América Latina. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

FALEIROS, V. P. Reconceituação do Serviço Social no Brasil: uma questão em movimento. Serviço Social & Sociedade, São Paulo. v. 26, n. 84, p. 21‑36, nov. 2005.

IAMAMOTTO, M. V. Renovação e conservadorismo no Serviço Social no Brasil: ensaios críticos. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2004.

IAMAMOTO, Marilda Villela; CARVALHO, Raul de. Relações sociais e serviço social no Brasil. 13. ed. São Paulo: Cortez, 1998.

______. Serviço Social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. 9. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

______; CARVALHO, R. Relações sociais e Serviço Social no Brasil: esboço de uma interpretação histórico-metodológica. 18. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

LIMA, Arlete Alves. Serviço Social no Brasil: a ideologia de uma década. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

MARTINELLI, Maria Lúcia. Serviço Social: Identidade e Alienação – 15. ed. – São
Paulo: Cortez, 2010.

PIMENTEL, Alessandra. O método da análise documental: seu uso numa pesquisa historiográfica. in Caderno de pesquisa, n 114, p. 179-195, novembro, 2001. Disponível no site http://www.scielo.br/pdf/cp/n114/a08n114.pdf

YAZBEK, Maria Carmelita. Direitos e Competências Profissionais: Fundamentos Históricos Metodológicos do Serviço Social. Brasília: In CFESS/ABEPSS, 2009.
Publicado
2018-08-12
Como Citar
SILVA, Denia Tranqueira; MOREIRA, Alcides do Nascimento. A CONSTRUÇÃO HISTÓRICA DO SERVIÇO SOCIAL NO BRASIL E SUA REALIDADE NO ESTADO DO TOCANTINS. Multidebates, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 217-225, ago. 2018. ISSN 2594-4568. Disponível em: <http://www.faculdadeitop.edu.br/revista/index.php/revista/article/view/15>. Acesso em: 18 dez. 2018.