UMA RELAÇÃO DIALÓGICA ENTRE O LITERÁRIO E O SAGRADO: A PRESENÇA DO DIABO EM MACHADO DE ASSIS

  • Izabella Maddaleno Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF

Resumo

A nossa proposta é apresentar o diálogo entre o literário e o religioso, a partir do escritor Machado de Assis, através do personagem, o Diabo, que pode ser encontrado ao longo de sua obra. Para isso, iniciaremos o nosso trabalho, fazendo algumas considerações entre a religião e a Literatura. Trataremos ainda da relação entre a Bíblia, Literatura e dos escritores. Além disso, abordaremos o diálogo de Machado com o texto bíblico. Para então, analisarmos a temática do Diabo em Machado. Cabe ressaltar que ainda explicitaremos alguns retratos do Diabo na Literatura Ocidental, evidenciando aspectos importantes para a discussão temática em torno do sagrado e do literário.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Mestrado em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Brasil(2013)

Referências

ALIGHIERI, Dante. A Divina Comédia. Trad. Italo Eugenio Mauro, São Paulo: Editora 34, 1998.
ASSIS, Machado de. Obra Completa. Vol. I. Rio de Janeiro: Editora Nova Aguilar S.A, 1997.
______. Obra Completa. Vol. II. Rio de Janeiro: Editora Nova Aguilar S.A, 1997.
______. Obra completa. São Paulo: Editora Brasileira LTDA, 1962.
_____. Obra completa. Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paulo: W. M. Jackson Inc, Editores, 1962.
AZEVEDO, Álvares. Os melhores poemas de Álvares de Azevedo. São Paulo: Global, 1994.
BAUDELAIRE, Charles-Pierre. As Flores do mal. São Paulo: Martin Claret, 2007.
BÍBLIA SAGRADA. Trad. João Ferreira de Almeida. Edição revista e corrigida. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, [s.d].
BLOOM, Harold. 1995. O Cânone Ocidental; os livros e as escolas do tempo. Rio de Janeiro: Imago, 1995.
CARVALHO, Maria Teresa. Literatura e Religião. São Paulo: Terceira Margem, 2004.
COUSTÉ, Alberto. Biografia do Diabo. Trad. Luca Albuquerque. Rio de Janeiro. Record: Rosa dos Tempos, 1996.
FERRAZ, Salma. Teopoética: Los Estudios Literarios sobre Dios. Revista RDC: Revista de Divulgação Cultural. Blumenau: FLURB, MAIO/AGO 2005, ANO 27, n°86, p. 15-53.
FRYE, Northrop, O código dos códigos: a Bíblia e a Literatura. Trad.Flavio Aguiar. São Paulo: Boitempo, 2004.
GOETHE, J.W. Fausto. Trad. Sílvio Meira. Rio de Janeiro: Agir, 1968.
HAUSER, Arnold. História Social da literatura e da arte. São Paulo: Martins Fontes, 1982.
MAGALHÃES, Antônio. Deus no espelho das palavras. São Paulo: Paulinas, 2000.
MAGALHÃES, Antonio Carlos de Melo. O sagrado na poesia e na religião. In: Pólen do Divino: Textos de Teologia e Religião. Blumenau: Edifurb; Florianópolis: FAPESC, p. 35.
MAQUIAVEL, Nicolau. Belfagor, o Arquidiabo .São Paulo: Editora Escala, 2008.
MILTON, John. Paraíso Perdido. São Paulo: Editora Brasileira L.T.D.A, 1960.
POE, Edgar Allan. Ficção completa, poesia e ensaios. Rio de Janeiro: Editora Nova Aguilar, 1986.
SAPEGNO, Natalino. Disegno storico della letteratura italiana. Firenze: La nuova Italia, 1990.
SILVA, Teresinha Vânia Zimbrão. Machado de Assis e a Tradição Religiosa. In: Oliveira, M.C.C de; Lage, Verônica L.c..(orgs). Literatura, crítica, cultura I, Juiz de Fora: Editora UFJF, 2008.
SILVA, Teresinha Vânia Zimbrão. Machado de Assis em diálogo com a religião. . In
Publicado
2018-10-14
Como Citar
MADDALENO, Izabella. UMA RELAÇÃO DIALÓGICA ENTRE O LITERÁRIO E O SAGRADO: A PRESENÇA DO DIABO EM MACHADO DE ASSIS. Multidebates, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 439-453, out. 2018. ISSN 2594-4568. Disponível em: <http://www.faculdadeitop.edu.br/revista/index.php/revista/article/view/53>. Acesso em: 17 nov. 2018.
Seção
Artigos