FISIOTERAPIA

Autorização Portaria nº 127 de 27/04/2020. Publicação no Diário Oficial Edição 81, Seção 1 de 29/04/2020

    O fisioterapeuta graduado pela Faculdade ITOP possuirá formação generalista e humanista, crítica e reflexiva, através da qual terá posicionamento político e condições de desenvolver suas potencialidades de análise crítica, tomada de decisões, capacidade de liderança e de formular propostas de intervenção.

    Será corresponsável pela construção de seu conhecimento a partir da reflexão e da indagação da realidade social tendo como base o perfil que deverá preservar e restabelecer a funcionalidade do movimento humano, através da avaliação cinético-funcional do paciente, interpretação dos dados coletados e intervenção fisioterapêutica preventiva e de reabilitação, elegendo e aplicando os recursos e técnicas fisioterapêuticas mais adequados, além de solicitar, executar, analisar e interpretar os exames complementares, estabelecer níveis de disfunções e prognósticos fisioterapêuticos, atuar interprofissionalmente, acompanhar e incorporar inovações tecnológicas. Atuará fundamentado na ética e responsabilidade social, com base no ato político que envolve o exercício da cidadania e da promoção da saúde.

MERCADO DE TRABALHO
 

A fisioterapia é uma profissão da área de saúde e trabalha na promoção do bem-estar, manutenção, prevenção, tratamento e reabilitação do paciente. Com um campo de atuação amplo, o trabalho vai além das áreas já conhecidas como a traumato-ortopédica, neurológica (pacientes que precisam recuperar movimentos após problemas no cérebro) e esportiva. Esses profissionais são cada vez mais requisitados para atuar nas áreas de respiratória, hospitalar, terapia intensiva, saúde coletiva, ginecologia e obstetrícia, dermatologia funcional e estética e geriatria, dentre outras. “A sociedade identifica o fisioterapeuta com a área de traumatologia. Mas nosso trabalho vai além”,afirma o presidente do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito), José Euclides Poubel e Silva.

    Um ranking elaborado em 2020 mapeou as profissões com maior aumento de procura entre os meses de março a maio desse ano e no topo do ranking, ficou o fisioterapeuta respiratório, com um crescimento de 4.480% em relação a 2019.

    Para ser um profissional da área é fundamental gostar de lidar com as pessoas, ter noções de biologia e física e ser curioso pelas características do movimento humano. A maioria dos profissionais, segundo o conselho, se concentra nos grandes centros.



Fontes:https://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2020/06/24/coronavirus-15-cargos-que-tiveram-maior-aumento-de-vagas-durante-pandemia.htm#:~:text=Veja%20os%20cargos%20que%20tiveram,T%C3%A9cnico%20em%20radiologia%3A%20%2B732%25
https://www.coffito.gov.br/nsite/?p=157